Pequenos Grupos

Compartilhando o amor de Deus por meio dos relacionamentos

“E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.” Atos 2.42

PEQUENOS GRUPOS – O QUE REALMENTE SOMOS?

  • “Um grupo de pessoas que se reúne regularmente para glorificar a Deus por meio do fortalecimento dos relacionamentos discipuladores e multiplicação de discípulos.”

O QUE É UM DISCIPULADOR?

RELACIONAR:

  • “Quando uma igreja cresce (e o objetivo de toda igreja é crescer) a comunhão fica cada vez mais difícil mas ela deve ser preservada a todo custo. Pequenos grupos promovem a comunhão. Eles produzem discípulos, discipuladores e companheiros de fé que exortam, amparam e sustentam uns aos outros através da oração. O PG é o principal lugar para promover esse tipo de comunhão.”

 

AGREGAR:

  • “O PG aproxima as pessoas, agrega-a à comunidade de fé. O objetivo final é conversão, batismo e serviço (talentos e dons usados para a glória de Deus). Atenção! Agregar somente ao PG não é agregar de fato. O membro do PG deve ser agregado ao grupo e à igreja como um todo.”

 

INTERCEDER:

  • “O PG é um ambiente propício para multiplicação de esforços de oração em favor uns dos outros. Desafios e vitórias são compartilhados no PG e a oração, de intercessão, confissão ou gratidão deve ser sempre uma marca de um PG.”

ZELAR PELAS PESSOAS:

  • “O PG também existe para cuidado e pastoreio mútuo. O compartilhar de experiências contribui para o crescimento de todos. Transparência, sigilo e confiança são palavras chaves aqui. O PG também ampara o membro em suas necessidades (físicas, materiais, emocionais ou espirituais).”

ENSINAR O EVANGELHO:

  • “O PG não é uma reunião social apenas, um simples encontro de amigos ou mais um programa da igreja. O propósito do PG é que as pessoas sejam edificadas com o ensino do Evangelho e conhecimento de Jesus através da Palavra. Cristo é o centro!”

PRESTAR CONTAS:

  • “No PG as pessoas serão impulsionadas constantemente a avançar no relacionamento com Deus e com as outras pessoas. Isso se dá através de prestação de contas a respeito da vida cristã diária, da vida devocional, santificação pessoal, serviço no corpo de Cristo, relações interpessoais, etc.”

PEQUENOS GRUPOS VISÃO MULTIPLICADORA

  • O grupo precisa nascer com a visão e mentalidade da multiplicação. Desde o início o grupo deve saber que ele existe para CRESCER e MULTIPLICAR

 

  • “(…) quando falamos de multiplicação, falamos de mais pessoas conhecendo a Cristo e tornando-se verdadeiros discípulos dele”

VALORES DA MULTIPLICAÇÃO:

  1. Mais vidas alcançadas para Cristo
  2. Mais pessoas conhecendo o evangelho da salvação
  3. Mais intimidade entre os membros (quando o grupo é grande dificulta seu funcionamento)
  4. Cumprir o propósito de glorificar a Deus cuidando de pessoas e alcançando vidas.

O LÍDER DO PG

  • Segue o modelo de Jesus
  • Testemunho exemplar
  • Direção do Espírito Santo
  • Consciência da Missão
  • Vida devocional consistente
  • Submissão à liderança da igreja e sua visão

(Livro PG multiplicador JMM)

ORGANOGRAMA

 

ATRIBUIÇÕES DO LÍDER

  • Confiar sempre em Deus
  • Vigiar o inimigo
  • Esperar milagres
  • Trabalhar em equipe
  • Investir tempo nos membros
  • Valorizar visitantes (integrar ao PG)
  • Identificar e desenvolver novos líderes
  • Ir atrás dos faltantes
  • Estabelecer alvos e prepara-se para os encontros
  • Garantir a participação de todos

ATRIBUIÇÕES DE CADA FUNÇÃO

Pastor:

  • Zelar para que os objetivos sejam atingidos, por meio de cobertura espiritual e visão geral.

Coordenador:

  • Motivar supervisores e líderes. Ficar atento ao funcionamento dos PGs e atuação dos supervisores. Indicar novos coordenadores e supervisores.

Supervisores:

  • Ouvir e orientar os líderes que estão sob sua supervisão, auxiliar o líder a estabelecer planos e metas, visitar os PGs sob sua supervisão, avaliar o desempenho dos líderes, monitorar o crescimento sadio dos PGs sob sua supervisão, identificar (juntamente com o líder do PG) auxiliares em potencial. Manter a liderança a par dos problemas que estão acontecendo nos PGs.

Líderes:

  • Gerenciar as ações do grupo; participar das reuniões e liderá-las; integrar e representar o grupo diante da igreja e vice-versa; multiplicar a visão da igreja e dos PGs; motivar o grupo a exercer o pastoreio mutuo; fazer contato com os faltosos, providenciar transporte quando necessário; cuidar, zelar, desafiar, orar pelos membros do grupo, etc.

Líder em treinamento:

  • Assessorar o líder do PG assumindo as tarefas designadas por ele; assumir o PG sempre que o líder se ausentar, respeitando a forma de condução do líder; resguardar os valores dos PGs juntamente com o líder, etc.

Pequenos Grupos:

  • Roteiro dos encontros
  • Quebra-gelo
  • Adoração e Estudo da Palavra
  • Tempo de compartilhar
  • Tempo de orar
  • Tempo da igreja (informações a respeito das atividades da igreja incentivando a participação)
  • Tempo de multiplicar (planejar ações de evangelismo, falar sobre a visão multiplicadora)

Pequenos Grupos – Finalmente…

  • “Relacionamentos saudáveis sempre vão produzir transformação
    de vidas e crescimento espiritual”
  • “Quanto mais a igreja cresce, mais pessoas estão sendo alcançadas pelo Evangelho da Salvação. Essa é a razão que nos leva a pensar em multiplicação”

Pequenos Grupos

  • Compartilhando o amor de Deus por meio dos relacionamentos.
Pular para a barra de ferramentas